Ontem foi dia do Círculo de Cura e a Coragem esteve presente

Ontem foi dia do Círculo de Cura.

Como todas as quartas-feiras às 21h.

No período de partilha falou-se de Coragem.

E da importância de refletirmos com coragem sobre as nossas escolhas.

A Ana recordou o tempo em que corajosamente os portugueses se lançaram ao mar.

E conquistaram um novo conhecimento dado ao mundo e um progresso sem igual ao nosso país.

E a questão óbvia foi feita: “Continuam os portugueses de agora tão corajosos como os do século XV?”

A resposta a esta pergunta não é unanime. E isso também não é importante.

O importante é o tempo que vivemos e que temos à nossa disposição.

Para o viver, é urgente ter a coragem de fazer escolhas que representem transformação e crescimento.

Que se projectem em Luz e Amor, para que a abundância, a saúde e a alegria inspirem cada pessoa a um mundo de Paz.

O que quer isto dizer?

Há um princípio básico para alcançar os seus sonhos: “Se não vive satisfeito/a com a sua vida, mude a vida que tem!”.

Porque merece. Porque a alegria é o propósito maior da vida.

Parece mais fácil dizer do que fazer, certo?

Quantas vezes quer muito algo novo, mas acredita que não consegue ou não tem as condições certas?

Então o que fazer?

Em mais de 20 anos de trabalho como mentora de transformação, já conheci milhares de situações diferentes.

E posso afirmar que há um segredo por trás de todo o processo.

Sim, um segredo baseado num método, que, quando seguido com a mente e o coração alinhados, produz milagres.

Já vi muitos alcançarem-nos!

Que segredo é esse?

Os melhores segredos são sempre os mais fáceis e descomplicados, e este enquadra-se nesse grupo.

É tão improvável quanto poderoso.

E tem uma palavra que para os portugueses é muito querida.

LIBERDADE!

SIM, LIBERDADE!

É no momento em que está livre, que alcança o maior tesouro!

Quando se liberta, abre espaço em si para que o novo possa entrar!

E isso é maravilhoso e todos podem experimentar e testar que funciona.

Quer saber como se faz? E mais ainda?

Subscreva a minha newsletter para desvendar os próximos passos que levam à sua LIBERDADE!

Grata por estar aqui comigo.

Os artigos mais recentes

Aventuras no Quénia: o inesperado nas férias

Não estava incluída a inesperada escuridão do céu, e a sua intensa e tensa tempestade no Lago Naivasha, que quase nos custou a vida, quando, há um ano, em Julho 2021, esta viagem ao Quénia foi pensada. Um ano depois, em Agosto 2022, concretizou-se. Dos 20 dias, trouxe infinitas recordações e vivências, da pequena parte que pude visitar, deste país de 56 milhões de habitantes. Tinha estabelecido alguns objetivos de partida: Conhecer a savana africana, respirando a sua energia e a comunhão com os animais no seu habitat natural e espontâneo. Respirar a natureza autêntica ligando-me à força da mãe

Ler Mais »

Há uma dimensão espiritual em todos nós

Aquela parte que procura significado e compreensão sobre quem somos realmente, é a dimensão espiritual em todos nós. É também o lado humano que se quer conhecer, encontrar e descobrir para lá do exterior e dos apelos externos.  Espiritualidade é um caminho e uma filosofia de vida, nem sempre óbvia, mas sempre satisfatória.  Através dela encontramos respostas e colocamos perguntas que nos trazem melhor e maior conhecimento.  O sentido existencial vai crescendo através de uma visão holística de quem somos e como somos. Deixamos de nos ver separados para descobrirmos que todos somos um todo, com ansiedades, necessidades e talentos

Ler Mais »

Ontem foi dia do Círculo de Cura e a Coragem esteve presente

Ontem foi dia do Círculo de Cura. Como todas as quartas-feiras às 21h. No período de partilha falou-se de Coragem. E da importância de refletirmos com coragem sobre as nossas escolhas. A Ana recordou o tempo em que corajosamente os portugueses se lançaram ao mar. E conquistaram um novo conhecimento dado ao mundo e um progresso sem igual ao nosso país. E a questão óbvia foi feita: “Continuam os portugueses de agora tão corajosos como os do século XV?” A resposta a esta pergunta não é unanime. E isso também não é importante. O importante é o tempo que vivemos

Ler Mais »