Não acredito que tenha talento

Tenho um sonho, mas não acredito que tenha Talento para o concretizar.

Um sonho pode ser algo extremamente simples, desde como dizer um poema, até algo que exige esforços mais alargados.

Mas, não é o tamanho do sonho que importa, quando alguém duvida de si mesmo.

É a visão, a crença que tem de si, o modo como se lê e o que acha que os outros pensam de si.

Estas são as verdadeiras crenças limitadoras, que podem levar alguém ao nível do mais profundo desespero, e à autodestruição.

Relembro uma jovem de 23 anos, que aqui chamo de Maria, que me procurou dizendo que se odiava, assim como ao seu corpo.

“Não presto, não tenho valor, sou gorda, feia, ninguém gosta de mim”, eram algumas das palavras que usou quando a conheci.

Quando explorei um pouco sobre a sua vida, soube que tinha um namorado há já algum tempo, um emprego onde não tinha problemas, uma vida financeira satisfatória e uma família estável que se apoiava mutuamente.

E, apesar de não haver razões reais para as suas queixas, a Maria criou uma imagem dela própria, ao longo da sua adolescência, comparando-se com as promessas das revistas femininas que começou a ler desde muito cedo.

A Maria deixou-se contaminar pelas palavras e fotos que lia e via nessas revistas e a sua imaginação construiu uma visão idealista.

Então, progressivamente desligou-se de si mesma, para se ver através de um espelho que não era real, mas apenas fruto da sua imaginação.

O que fazer quando a auto-imagem é um factor destrutivo?

Durante algum tempo, fiz com a Maria algumas sessões de Inner Coaching, onde se foi redescobrindo através de si mesma e da sua realidade, tendo rapidamente reconstruído a ligação interior consigo mesma. A partir dessa ligação, foi possível ajudar a Maria a ver e olhar-se como realmente era: uma jovem fisicamente muito atraente, elegante, inteligente e com um coração cheio de generosidade e alegria.

Quando, passado pouco tempo, recebi um telefonema seu, ela estava feliz e queria partilhar comigo essa felicidade. Ia casar com o seu amor, daí a pouco tempo. Estava a preparar tudo sentindo-se amada, bela, merecedora e talentosa.

Agradeceu-me, dizendo que lhe “salvei a vida”.

Mas o que eu fiz, e continuo a fazer, é ajudar cada pessoa a “revelar o potencial que tem, substituindo as suas dores, pela revelação dos seus talentos. Para se sentir bem consigo e alcançar satisfação na sua vida”.

Na qualidade de seres humanos, cabe a cada pessoa aceitar que o seu momento chegou.

Acredita que para si não há solução?

Se for esse o seu caso, não perca tempo com dores e mágoas, e abrace o seu valor. O seu talento é mais e maior do que pensa. A sua natureza é mais forte do que imagina.

Por mais que duvide, eu posso garantir que esse valor está dentro de si, aguardando que lhe dê atenção para que ele possa cumprir o papel que tem na sua vida.

Vamos conversar?

Numa breve conversa, posso ajudar a que descubra o que pode e deve fazer para aumentar a sua auto-estima, alegria de viver e a encontrar o seu caminho de bem-estar.

Sem compromissos nem qualquer custo, agende aqui uma conversa comigo, onde poderá avaliar se chegou o momento de acreditar que merece o melhor, e deixar o seu ser abrir-se e florescer.

Um abraço e até já!

Os artigos mais recentes

2023 um ano para Viver . Ser . Amar

2023 traz consigo um potencial de crescimento e descoberta, que motiva à acção e ao encontro com o nível espiritual interior.A intuição, benevolência, compaixão, alegria e amor estão presentes neste ano, para que possa superar com motivação e coragem os momentos e situações mais desafiadoras.O mundo ao nosso redor está numa transição que já não pode parar, e neste ano, a sustentabilidade é um tema chave para a humanidade e para o planeta.Na construção deste Novo Mundo, são necessárias novas ideias, novos métodos de fazer as coisas, novas invenções, novas lideranças.Para todas as áreas da vida, da saúde e da

Ler Mais »

Aventuras no Quénia: o inesperado nas férias

Não estava incluída a inesperada escuridão do céu, e a sua intensa e tensa tempestade no Lago Naivasha, que quase nos custou a vida, quando, há um ano, em Julho 2021, esta viagem ao Quénia foi pensada. Um ano depois, em Agosto 2022, concretizou-se. Dos 20 dias, trouxe infinitas recordações e vivências, da pequena parte que pude visitar, deste país de 56 milhões de habitantes. Tinha estabelecido alguns objetivos de partida: Conhecer a savana africana, respirando a sua energia e a comunhão com os animais no seu habitat natural e espontâneo. Respirar a natureza autêntica ligando-me à força da mãe

Ler Mais »

Há uma dimensão espiritual em todos nós

Aquela parte que procura significado e compreensão sobre quem somos realmente, é a dimensão espiritual em todos nós. É também o lado humano que se quer conhecer, encontrar e descobrir para lá do exterior e dos apelos externos.  Espiritualidade é um caminho e uma filosofia de vida, nem sempre óbvia, mas sempre satisfatória.  Através dela encontramos respostas e colocamos perguntas que nos trazem melhor e maior conhecimento.  O sentido existencial vai crescendo através de uma visão holística de quem somos e como somos. Deixamos de nos ver separados para descobrirmos que todos somos um todo, com ansiedades, necessidades e talentos

Ler Mais »